The American University In Cairo Press

The American University In Cairo Press 1

Os templos egípcios foram montados para o culto oficial dos deuses e a comemoração dos faraós do Antigo Egito as regiões sob seu domínio. A porção mais significativo do templo era o naos ou recinto sagrado, que geralmente abrigava uma imagem de culto, uma estátua do deus.

As estadias que rodeavam o santuário cresceram em tamanho e luxo, com o atravessar do tempo, e deste jeito os templos passaram de simples santuários no tempo predinástico (fins do IV milénio a. Império Novo (1550-1070 a. Estes templos estão entre os exemplos mais grandes e prolongados de toda a arquitetura egípcia, e estão decorados e organizados de acordo com os complexos padrões do simbolismo religioso. Seu design típico consistia numa série de salas fechadas, pátios abertos e monumentais acessos flanqueados por pilonos, tudo parelho por um eixo que marcava o trajeto dos festivais processionais.

Em redor do templo precisamente dito, deve-se dessa maneira fazer um muro que fechava diversos edifícios secundários. Os grandes templos bem como possuíam grande quantidade de terras que empregavam milhares de leigos para atender às tuas necessidades. Os templos foram, além de centros religiosos, relevantes enclaves econômicos. Os sacerdotes, que se encarregavam de estas poderosas organizações gozavam de extenso interferência no governo do Egito, e apesar de sua ostensivo subordinação ao faraó, às vezes, levantou significativos desafios à sua autoridade.

  1. Cachoeira Folhos do Duende
  2. Mais improvisar. Eu amo. Mas isso, por enquanto, é pra desfrute pessoal
  3. Pho Vác (Canh Dong Dia)
  4. 2 Antón: decepção no Arrate e vitória com pódio na Suíça
  5. quatro Os estúdios de cinema e o turismo
  6. 7 Seção Campeões
  7. Novembro (1)

A construção de templos no Egito continuou, apesar do declínio da nação e a sua perda de independência sob o domínio do Império romano. Mas, com a chegada do Cristianismo a religião politeísta egípcia teve que confrontar uma crescente perseguição, e o último templo foi fechado em 550 d. C. Durante séculos, os templos sofreram destruição e abandono.

Segundo a mitologia egípcia, os templos do Antigo Egito eram a moradia dos deuses na Terra. De fato, o termo que os egípcios usavam pra defini-los, ḥwt-o, significa “mansão (ou espaços) de um deus”. A presença dos deuses, o templo era um elo de ligação entre o universo divino e o humano, e permitia a esses últimos comparar-se com eles por intervenção de inúmeros rituais.

Segundo acreditavam, estes mantinham rituais ao deus e lhe permitiam prosseguir com o teu papel pela meio ambiente, o de garantir a maat, a ordem sublime da meio ambiente e da sociedade humana, segundo as crenças egípcias. Egito perante os deuses e seu mais sério defensor da maat.

The American University In Cairo Press
Rolar para o topo